SOBRE OS 529 MIL ZEROS NA REDAÇÃO DO ENEM:

Culpar alunos ou culpar professores ou culpar o governo ou culpar a tecnologia… Que tal olharmos a produção da cultura à nossa volta? Da publicidade televisiva aos programas imbecilizantes de todos os tipos. Ninguém tem A CULPA mas todos somos RESPONSÁVEIS! Qual responsabilidade cabe a cada um? Vamos reler Hannah Arendt? “Ser Professor é assumir a responsabilidade pelo cuidado do mundo. É dizer às novas gerações ‘o mundo é assim’. E quem não estiver disposto a assumir essa responsabilidade não deve ter nem crianças nem jovens sob sua responsabilidade.”
Até parece que só na escola aprendemos, até parece que a sociedade em que vivemos, nesse momento histórico, valoriza o conhecimento, a arte, a cultura, os estudos. Até parece que a televisão – medíocre, imbecil, degradada e violenta- não educa também. Resta saber para que.
Até parece que a imprensa informa, investiga e aprofunda os temas em debate.
Boa parte de nossos professores e alunos não sabem NADA sobre ditadura nem sobre a privataria. Não sabem nada da história e da rica e diversa cultura do povo brasileiro.
Quem nos sonega o direito à informação de massa?
Por favor: vamos olhar em volta de nós, vamos olhar em perspectiva da macropolítica, para além dos limites da tela da globo, e do nosso cotidiano.
Há uma responsabilidade que é coletiva. E as respostas para esse desafio só podem ser construídas coletivamente.
Basta de apontar dedos para o outro.
QUAL É A MINHA PARTE NISSO? Sem culpa, apenas com responsabilidade de adultos que educamos as novas gerações. Buscando as responsabilidades e as saídas coletivas. Porque de repente há uma síndrome do adolescentismo: ninguém responde por nada, tudo é “culpa do outro”, e nos tornamos todos/as vítimas. Então: quem responde por isso. com certeza não há um só lado nessa história. e TODOS devem ser chamados a responder, a buscar respostas. COLETVAMENTE, ORGANIZADAMENTE.

  • Facebook
  • Twitter
Esta entrada foi publicada em Geral. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>